sábado, 31 de dezembro de 2016

Prefeita Graça Oliveira anuncia secretariado, surpresa na Educação




A prefeita Graça Oliveira (PSD) assume o mandato na noite deste domingo, primeiro dia de janeiro de 2017, mas em reunião na manhã deste sábado (31), no comitê da campanha eleitoral situado na rua Sérvulo Pereira, anunciou, oficialmente, os auxiliares do primeiro escalão para a gestão de quatro anos (2017/2020) à frente da prefeitura de Cerro Corá. Praticamente, não há nenhuma surpresa na lista apresentada, a não ser da nova secretaria municipal de Educação, indicação da cota pessoal da prefeita, a curraisnovense Alice Soares, outra indicação até surpreendente foi a de Clodoaldo Cãndido da Silva, filho do secretário de Trabalho e Obras Públicas, Severino Cândido.

Graça Oliveira também antecipou alguns nomes do segundo escalão, como a extensionista e professora Ivonise Dantas para coordenadora do Centro de Convivência de Idosos (CCI), a tesoureira municipal Ana Lúcia Canário e pra diretora do Hospital e Maternidade Clotilde Santina, Kênio Lucena.

Secretariado da gestão da prefeita Graça Oliveira (PSD)



"Santos Capote" volta à pasta da Agricultura
Secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo Francisco de Assis Santos, 44 anos, agricultor e pedagogo, é nasceu em Cerro Corá, residente no Sítio Novo, na Serra de Santana.  Presidente municipal do PTN, tem atuação destacada no meio rural, tendo atuado no Fórum de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável (DLIS). A partir de 2004, ingressou na gestão pública, atuando como assessor de Articulação Política na gestão do então prefeito João Batista de Melo Filho, tendo assumido, no ano seguinte, a titularidade dessa mesma pasta, na qual também esteve na administração do ex-prefeito Raimundo Marcelino Borges.

Adevaldo Oliveira ao lado da mulher e prefeita Graça Oliveira
Finanças e Tributação Adevaldo da Silva Oliveira, 55 anos, professor, nasceu em Campo Redondo, na região do Trairi do Rio Grande do Norte. Filho de agricultores que chegaram ao município em 1972, o secretário é o primogênito dentre oito irmãos, seis homens e duas mulheres.  Iniciou-se na vida pública na gestão do prefeito José Amaro (1983/1986), que o convidou para ser o orientador do Conselho Nacional de Alimentação Escolar (CNAE) no município. O ingresso na política foi motivado pelo trabalho comunitário desenvolvido nas comunidades rurais. Em 1988 elege-se, a primeira vez, vereador pelo PMDB), com 182 votos. Em 2000 assume o cargo de secretário municipal de Administração, passando depois, por quatro meses, na pasta da Agricultura. Atualmente é o presidente municipal do PSD. É casado com a prefeira Maria das Graças de Medeiros Oliveira.

 
Partido de Evilásio Bezerra (PPS) presente na gestão da prefeita Graça Oliveira
Administração e Gabinete Evilásio Medeiros Bezerra, 51 anos, é cerro-coraense, herdou do seu tio Lourival Bezerra da Costa, que vereador e vice-prefeito do município, o gosto pela política. Em 2008 elegeu-se para o primeiro mandato de vereador, reeleito em 2012, não renovou o mandato, o que resultou no convite da prefeita Graça Oliveira para assumir a pasta. Pedagogo e servidor público municipal, Bezerra tem larga experiência de gestão na iniciativa privada, sobretudo em Natal.

Célia Guimarães é representante do PP na gestão municipal
 Saúde Regina Célia Guimarães, nascida em Cerro Corá, é filha da falecida parteira Maria Luzia Guimarães e do saudoso vereador Joaquim Sales Guimarães, de quem herdou a veia política e o espírito de liderança e determinação na vida pública. Pedagoga, terminou se especializando em Gestão Hospitalar e em Saúde Pública, o que levou a assumir a pasta da Saúde por oito anos. Atuou em unidades de Saúde em Currais Novos, Nova Cruz, Lagoa d’Anta, Bodó, Serra Caiada, Santo Antonio, Brejinho e Boa Saúde.

Alice Soares surpresa do secretariado, indicação da cota pessoal da prefeita
Educação, Cultura e Desportos Alice Maria Ferreira Soares, 66 anos, curraisnovense, graduada em Psicologia pela Faculdade de Ciências Humanas de Olinda, tendo continuado sua formação profissional na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro. Professora universitária, também atuou na iniciativa privada e serviço público do município por cinco anos.

Janes Silva é indicação do vice-prefeito Zeca Araújo
Trabalho, Habitação e Ação Social Janaína Janes da Silva, 34 anos, currais-novense, graduada em Serviço Social pela Universidade Potiguar (UnP), inicio sua vida profissional no setor de comércio e serviços e, ultimamente vinha prestando serviços profissionais a Zaja Confecções, cujo diretor e atual vereador e futuro vice-prefeito Zeca Araújo a indicou para integrar o secretariado da prefeita Graça Oliveira. Atualmente, Janaina da Silva está terminando especialização em Políticas Sociais a Faculdade do Seridó (FAS).

Severino Cândido integra primeiro escalão da gestão municipal pela quinta vez em mais de 30 anos de vida pública
Transportes e Obras Públicas Severino Cândido da Silva, 70 anos, cerrocoraense, depois de atuar na agricultura, na construção civil e na área de mineração, passou ao serviço público municipal em 1980, tendo, em seguida sido secretário municipal por quatro vezes. Exerceu o primeiro mandato de vereador entre os anos de 1989 e 1992, pelo PMDB. Reeleito para o mandato de 1993-1996, foi presidente da Câmara Municipal, tendo feito a primeira reforma estrutural naquela Casa. Em segundo casamento com Rita de Cássia Barbosa, é aposentado e tem cinco filhos do primeiro casamento.

9 comentários:

Anônimo disse...

O blog só não lembrou de dizer que três foram secretários do prefeito Joãozinho e que o marido da prefeita era secretário de educação de Novinho.
Mudança? Só o tempo dirá.
Boa sorte à todos.

Anônimo disse...

A Secretaria de Educação deveria ser comandada por alguém que seja da Cidade e esteja por dentro da atual situação da Educação. Um Professor ou Professora.

José Valdir Julião disse...

O leitor tem boa memória, parabéns!

José Valdir Julião disse...

Em outras textos, o blog já havia se reportado ao vai e vem da política!

João Emanoel Rego Costa disse...

Valdir, o Sr. Adevaldo Oliveira é casado com a Sra. Prefeita eleita Graça Oliveira. Esse fato não caracteriza nepotismo por Lei municipal de Cerro Corá, ou ainda alguma outra legislação estadual ou federal? Ele pode legalmente assumir uma Secretaria de Finanças e Tributação, tema relevante de uma gestão pública, considerando-se esse grau de nepotismo (esposa/marido) de conhecimento de toda população de Cerro Corá?
Eu fico impressionado, num contexto de crise política do Brasil, nesse momento, esse fato seja encarada com tanta naturalidade pela população, não só em Cerro Corá, mas me parece que em todo país.

José Valdir Julião disse...

Sua preocupação procede, mas o STF já se posicionou a respeito, que gestor público pode fazer esse tipo de nomeação pra cargos de primeiro escalão. Ou seja, abriu brecha, por essa razão ocorre isso em todo o país.

João Emanoel Rego Costa disse...

Interessante. Então poderia expor aqui essa posição do STF: quando e como? Pois, não é o que o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União pressupõe sobre nepotismo: http://www.cgu.gov.br/assuntos/etica-e-integridade/nepotismo/perguntas-e-respostas

Anônimo disse...

Será que em Cerro corá não havia gente capacitada para assumir a secrearia de educação?

Anônimo disse...

Interessante nas últimas quatro gestões era esposa de prefeito secretaria,filho de prefeito sacretario,irmã de vice secretaria e nao se falava em nepotismo.