quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Governo diz que saneamento será concluído em dezembro

Obras de esgotamento sanitário estão em andamento na zona urbana de Cerro Corá
Com o investimento de R$ 18 milhões via acordo de empréstimo com o Banco Mundial, por iniciativa da Secretaria de Turismo do Rio Grande do  Norte, a terra da nascente do Rio Potengi, que há muito sofre com a necessidade de implantar sistema de saneamento, terá até dezembro, quando a obra for concluída, um equipamento para dar o destino adequado aos despejos humanos e às águas servidas.
O aposentado Francisco Sobrinho falou de sua ansiedade em ver as obras concluídas: “Eu não vejo a hora dessa obra ficar pronta. Já esperamos tantas décadas. Mas agora a gente está vendo que vai sair. Essa é a certeza de que teremos mais saúde, afinal, poderemos controlar e prevenir doenças, sem falar do bem-estar de todos nós, moradores”, disse feliz, o aposentado Francisco Sobrinho que vive na cidade há mais de 40 anos.
O secretário do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social do RN e coordenador projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo, vai além e destaca que o grande diferencial desta obra, é incluir além do sistema de esgotamento sanitário, o sistema de tratamento e coleta de efluentes.
Segundo Araújo, o sistema abrange, além das ligações domiciliares e das estações elevatórias, uma estação de tratamento de primeiro mundo e pioneira no RN. "Levando-se em conta que Cerro-Corá está numa região de serra, que é nascente de nosso maior patrimônio hídrico, o Rio Potengi, não podemos fazer essa coleta de qualquer jeito, por isso o investimento em equipamentos de alta capacidade, onde a coleta será feita com o que há de mais moderno, em termos de tecnologia”, afirmou.
A obra está fomentando ainda, acrescentou Araújo, a geração de empregos, criando a oportunidade para cerca de 200 pessoas, sendo 70% vindos da região.
Fonte - Ascom/GE

2 comentários:

Vanilson Julião disse...

A reportagem devia detalhar mais sobre números das obras e o local da estação de tratamento

Anônimo disse...

Essa empresa é muito irresponsável.. estão fazendo detonação nas ruas sem avisa aos moradores e muito menos fazendo um análise de risco... é também não sabemos se os funcionários que fazem as detonação sao blaster.