quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Homenagem da conterrânea Geralda Efigênia a sua prima Tinoca Julião

Eu conheci sua mãe.

Tinoca Julião exemplo de caridade,
exemplo de grande bondade
que Cerró Corá conheceu,
...não dizia não a ninguém
era correta no que fazia,
justa no que dizia, não perdia pra ninguém.

Quem a conheceu bem! sabe disso,
quem com ele teve convivio também
quem com ela dividiu dores e alegrias
sabe que Tinoca era querida
amada e apreciada por todos que a amavam.

3 comentários:

José Valdir Julião disse...

Agradeço a homenagem da poeta Geralda Efigênia, filha do saudoso repentista, violeiro e sindicalista José Milanez da Silva...

José Valdir Julião disse...

Homenagem feita através do Facebook, muito grato...

GERALDA EFIGÊNIA disse...

Obrigada Valdir.
É esse olhar que tenho da sua mãe. Olha meu nome não é Efigência é Efigênia, rsrsrs. Abçs